NOTÍCIAS DE ÚLTIMA HORA

[7]

Importar peças de carros é mais barato do que comprar nacionais

Por Julio Benck


Já se sabe que os preços dos carros brasileiros é muito mais alto do que os similares vendidos no exterior. Acompanhando essa disparidade, importar peças de carros sai igualmente mais em conta.

Para isso, é necessário fazer uma pesquisa, afinal, nem todas as peças podem ser encontradas a preços competitivos. De qualquer forma, há casos em que a diferença é superior a 80% em relação ao preço daqui, incluindo taxas de importação, frete e outros custos. Há até mesmo lojas de peças brasileiras que revendem componentes importados, com boa margem de lucro, tamanhas são as diferenças.

Se você pretende importar peças de carros e economizar ao fazer a manutenção de seu veículo, acompanhe o artigo até o final. Veja como é simples trazer peças de fora e que cuidados tomar ao fazer a importação.

Como importar peças de carros

Importar peças de carros é como fazer uma compra online. Significa que o processo é todo feito por meio de e-commerce. Ou seja, é necessário acessar a loja virtual que tenha disponibilidade da peça procurada.

Com uma pesquisa criteriosa, é possível encontrar peças de quase todas as marcas, como Honda, BMW, Ford, Porsche e Chevrolet. A boa notícia é que é muito fácil encontrar peças, que podem ser importadas separadamente ou mesmo na forma de motores completos.

A exceção é para componentes como pneus, tintas e baterias. Essas peças precisam atender às exigências de órgãos reguladores para que possam ser vendidos. Para quem já tem o hábito de comprar em sites como Mercado Livre, não deverá haver estranhamento. Tudo é muito parecido, com alguns sites já oferecendo a opção de pesquisa de peça de acordo com o modelo, ano e especificações do veículo.
Onde comprar

São várias as opções de lojas online para comprar peças de carros. As principais, e que atendem a um público mais amplo, são as conhecidas eBay e Amazon. Sobre o eBay, para os motoristas brasileiros, deverá ficar mais fácil comprar peças em 2018. Está prevista para o início do próximo ano a inauguração da eBay Motors, divisão da gigante do comércio eletrônico especializada em peças automotivas.

Outras lojas com boa reputação onde podem ser compradas peças via importação são:

Honda Parts Now – especializada em peças da montadora japonesa. Nela, podem ser encontrados componentes para todos os modelos comercializados aqui;

Pelican Parts – trabalha com peças de diversas montadoras, como BMW, Volvo, Volkswagen, Mercedes-Benz, Porsche, Audi e até da sueca Saab

Summit Racing – onde podem ser encontradas peças para veículos tunados e modelos esportivos;

eBay – seção do site dedicada a peças automotivas;

Amazon – praticamente tudo para veículos, de peças até ferramentas podem ser encontrados no site.
Cuidados

Embora seja possível encontrar valores mais atrativos, uma pesquisa cuidadosa deve ser feita na hora de importar peças de carros. As cobranças embutidas devem ser observadas. Afinal, nem todos os sites informam os custos envolvidos na importação.

Também é necessário considerar o limite de compras pelo Correio, que é de R$ 3 mil, já inclusas taxas, frete, impostos e o valor da peça. O tamanho deve atender aos limites estabelecidos, portanto, peças grandes só podem ser trazidas via empresas particulares.

Uma alternativa, caso a peça precise ser entregue em menos tempo, é recorrer a empresas de transporte, como a DHL ou FedEx. Em compensação, haverá custos maiores e impostos incidentes com alíquotas pouco atrativas.

Uma dica que pode ajudar na hora de saber o preço final do produto é pesquisar no Google por calculadoras de impostos de importação. Sabendo o preço da peça e quanto é cobrado de frete, é possível fazer os cálculos de maneira rápida e automática online.
Desvantagens

Importar peças de carros é uma boa alternativa para comprar barato, mas nem sempre a economia é garantida. Dependendo da peça, pode ser mais vantajoso comprar por aqui mesmo. Mesmo com as diferenças nos preços praticados lá fora, há sempre a cotação do dólar, taxas e impostos pesando no valor final do produto.

Portanto, para certificar-se de que está sendo feito um bom negócio, recomenda-se pesquisas comparativas entre lojas nacionais e as que exportam para o Brasil.
Importar peças de carros é mais barato do que comprar nacionais Importar peças de carros é mais barato do que comprar nacionais Reviewed by Via Certa Natal Trânsito on novembro 27, 2017 Rating: 5

Sora Templates