Mortes de crianças e adolescentes por acidentes caem 3,91% em 2016 no país - Via Certa Natal Trânsito

NOTÍCIAS DE ÚLTIMA HORA

[7]

Mortes de crianças e adolescentes por acidentes caem 3,91% em 2016 no país

Redação,Via Certa

A Criança Segura tem focado seus esforços para divulgar medidas de prevenção desse tipo para toda a população. Foto: Freeimages.com

Em um ano, o número de mortes de crianças e adolescentes, de zero a 14 anos, caiu 3,91% no Brasil. De 2015 para 2016, os casos de óbitos por motivos acidentais de meninos e meninas dessa faixa etária no país passaram de 3.885 para 3.733, de acordo com os dados divulgados recentemente pelo Ministério da Saúde e compilados pela Criança Segura.

Desde 2001, ano em que a Criança Segura passou a atuar no Brasil divulgando a cultura de prevenção de acidentes com crianças como forma de salvar vidas, esse indicador teve uma redução de 39,72%.

Ter menos crianças brasileiras morrendo devido a acidentes é sempre uma excelente notícia, que deve ser comemorada. Entretanto, esses últimos dados divulgados acederam um sinal de alerta para a Criança Segura, pois houve diminuição no ritmo de queda da taxa de mortes por acidentes na infância e adolescência no país.

“De 2014 para 2015, observamos uma queda de 10% no número de mortes por causas acidentais de crianças e adolescentes. Para 2016, esse índice apresentou um avanço bem menos considerável. É preciso avaliar as causas dessa desaceleração para garantirmos que os óbitos acidentais não voltem a crescer no país, o que seria um grande retrocesso”, comentou Gabriela Guida de Freitas, coordenadora nacional da Criança Segura.
Aumento dos casos de sufocação é preocupante

Entre os tipos de acidentes que podem acontecer com crianças, a sufocação tem gerado forte preocupação por apresentar aumento constante. De 2015 para 2016, os óbitos por sufocação de crianças e adolescentes de zero a 14 anos tiveram crescimento 2% (passando de 810 casos para 826 nesse período). De 2001 para 2016, o aumento das mortes por esse tipo de acidente entre a população dessa faixa etária foi de 12%.

A sufocação é a principal causa de morte acidental de crianças menores de um ano de idade. Dos 826 óbitos por esse motivo que aconteceram em 2016, 77% dos casos aconteceram com bebês com menos de um ano de vida.

A Criança Segura tem focado seus esforços para divulgar medidas de prevenção desse tipo para toda a população. Recentemente a organização divulgou uma campanha para alertar os responsáveis por crianças sobre o risco de sufocação de bebês durante o sono. Assista os vídeos da campanha “Dormir Seguro”.
Número de mortes por tipo de acidente de crianças e adolescentes de zero a 14 anos:
ClassificaçãoTipo de acidenteNúmero de mortes
Trânsito1292
Afogamento913
Sufocação826
Queimadura209
Queda183
Intoxicação74
Outros236
Total3733

Fonte: Datasus – 2016

Número de mortes por acidentes de crianças de zero a 14 anos por faixa etária:

Tipo de acidentesMenor 1 ano1 a 4 anos5 a 9 anos10 a 14 anosTotal
Trânsito903053525451292
Queda38664237183
Afogamento21407193292913
Sufocação6361084240826
Queimadura21774467209
Intoxicação343151374
Outros25816367236
Total834108775110613733

Fonte: Datasus – 2016

Variação do número de mortes por acidentes de crianças de zero a 14 anos de 2001 a 2016:

Tipo de acidente200120152016Variação 2015/2016Variação 2001/2016
Trânsito249013891292-6,98%-48,11%
Queda3151821830,55%-41,90%
Afogamento151894313-3,18%-41,02%
Sufocação7368108261,98%12,23%
Queimadura452221209-5,43%-53,76%
Intoxicação93647415,30%-20,43%
Outros55927621621,74%-61,36%
Total616338852813-3,91%-39,72%
Fonte: Datasus – 2001, 2015, 2016
Mortes de crianças e adolescentes por acidentes caem 3,91% em 2016 no país Mortes de crianças e adolescentes por acidentes caem 3,91% em 2016 no país Reviewed by Via Certa Natal Trânsito on junho 11, 2018 Rating: 5

Sora Templates