Estudo diz que atropelamento por veículo tipo SUV tem duas vezes mais chance de ser fatal - Via Certa Natal Trânsito

NOTÍCIAS DE ÚLTIMA HORA

[7]

Estudo diz que atropelamento por veículo tipo SUV tem duas vezes mais chance de ser fatal

Redação,Via Certa
Por Mariana Czerwonka.




Uma pesquisa da Detroit Free Press / USA TODAY NETWORK concluiu que o aumento de venda de veículos tipos SUV é uma das principais causas das crescentes mortes de pedestres nos Estados Unidos. As mortes por atropelamentos cresceram 46% desde 2009.

A pesquisa descobriu ainda que reguladores de segurança federais norte-americanos sabem há anos que os utilitários esportivos, com seu perfil mais alto, têm pelo menos duas vezes mais chances de matar pedestres em caso de atropelamento, mas pouco fizeram para reduzir as mortes ou divulgar o perigo.


Segundo o estudo, medidas de segurança veicular, que o governo federal diz que poderiam salvar vidas de pedestres a cada ano, estão disponíveis, mas não são amplamente empregadas por algumas montadoras.

Além das montadoras, o estudo destaca que as cidades podem tomar medidas que poupam os pedestres, como foi o caso de Nova York. A metrópole diminuiu as mortes quase pela metade em apenas quatro anos. Através de uma combinação de fiscalização direcionada ao comportamento do motorista, redução dos limites de velocidade e treinamento para taxistas, a cidade viu suas mortes de pedestres no ano passado caírem para seu menor número, 101, desde que a cidade começou a calcular a estatística em 1910. As SUVs respondem por 60% das vendas de veículos novos nos Estados Unidos.
Distração também pode ser fatal

Pode parecer óbvio que um veículo maior pode causar mais danos em um acidente, mas alguns pesquisadores evitam atribuir a culpa pelo aumento das mortes de pedestres às SUVs, porque, segundo eles, vários fatores estão em jogo em cada acidente. Pedestres embriagados e distraídos por estarem enviando mensagens de texto ou conversando em telefones celulares, podem contribuir com esse aumento dos números, embora faltem dados para quantificar esse fato.

De acordo com o relatório da entidade americana, alguns desses outros fatores também registraram aumentos nos últimos anos, mas o componente SUV se destaca. “Um fator-chave consistentemente apoiado por dados é o crescente envolvimento de veículos utilitários esportivos de alto perfil”, destaca o estudo.

A análise da Free Press / USA Today dos dados federais norte-americanos, contando os veículos que atingiram e mataram pedestres, mostrou um aumento de 69% no envolvimento com SUV. Em 2015 a Administração Nacional de Segurança no Trânsito na Autoestrada já tinha alertado que os SUVs eram mais mortíferos para pedestres do que carros. Esse relatório, citando 12 estudos independentes sobre dados de lesões, disse que os pedestres estão duas a três vezes mais propensos a morrer quando atingidos por um SUV do que quando atingidos por um carro de passageiros. O relatório também observou que SUVs e caminhões estavam envolvidos em um terço das lesões de pedestres, mas 40% das mortes, indicando que as lesões “podem ser mais severas quando sofridas em colisões com esses veículos”.
Padrões europeus 

Na Europa as montadoras sofrem maior pressão. Lá, a segurança de pedestres é um componente-chave de classificação. A agência de classificação Euro NCAP inclui informações detalhadas em seu site sobre vários veículos.

“O Euro NCAP encorajou os fabricantes de veículos a considerar os impactos dos pedestres no design do veículo e isso pode ser visto no espaço disponível sob o capô do veículo, áreas de amortecimento e estruturas na base do pára-brisa e no bordo de ataque do capô. O espaço entre o capô e o motor permite que o capô absorva o impacto da cabeça do pedestre antes de entrar em contato com as estruturas do motor muito rígidas. Um princípio semelhante também é aplicado ao para-choque / extremidade dianteira para proteger a articulação do joelho vulnerável de um pedestre”, destaca a agência em seu site.

A Euro NCAP disse que os últimos testes de impacto levaram em conta medidas inovadoras, como o capô desdobrável, que pode levantar levemente, e airbags externos, ambos projetados para amortecer o impacto com pedestres.
SUV

É um veículo espaçoso e que tem altura elevada, o que permite uma visão completa do trânsito. A sigla vem do inglês Sport Utility Vehicle ou, em tradução livre, veículo utilitário esporte. De acordo com o Inmetro no Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular (PBEV), para que um automóvel seja classificado na categoria de SUV, ele precisa se encaixar em, pelo menos, quatro de cinco parâmetros:

– altura sob os eixos de, no mínimo, 16 cm;

– ângulo de saída de 20º pelo menos;

– ângulo de, no mínimo, entrada de 25º;

– altura da carroceria em relação ao solo de 18 cm;

– ângulo de transposição de 13 graus.
Estudo diz que atropelamento por veículo tipo SUV tem duas vezes mais chance de ser fatal Estudo diz que atropelamento por veículo tipo SUV tem duas vezes mais chance de ser fatal Reviewed by Via Certa Natal Trânsito on julho 09, 2018 Rating: 5

Sora Templates