Youtube

Redação,Via Certa
Por Bárbara Angelo

grades de saida do ar-condicionado no painel de um carro

Em tempos de coronavírus, todo cuidado parece ser pouco para preservarmos nossa saúde. Para tanto, aos que ainda precisam se locomover de carro, existem cuidados específicos com o ar-condicionado.

“Desinfetar e fazer a higienização do sistema de ar-condicionado é importante para prevenção contra micro-organismos, e deve ser realizada por profissionais especializados para ajudar no combate ao problema”, informa Pedro Valencio, coordenador de suporte ao cliente aftermarket da Delphi, fornecedora do sistema para o mercado automotivo.

Como a doença é nova, ainda não se sabe como ela se comporta. Contudo, a fabricante esclarece que os cuidados com a higienização do sistema contribuem para a prevenção do coronavírus, assim como moléstias no geral.

A limpeza especializada do ar-condicionado do carro envolve um processo de oxi-sanitização, afirma o coordenador. O método ainda não foi testado especificamente contra o Covid-19, mas não deixa de ser uma opção interessante, segundo a fornecedora.

Troque o filtro de cabine


O filtro de cabine deve ser substituído para evitar o acúmulo de micro-organismos

Outra recomendação é a substituição do filtro de cabine, parte do sistema de ar-condicionado.

Junto a isso, também deve ser feita a higienização interna do carro. “Este tipo de filtro é construído de um material sintético e tem a capacidade de reter micro-organismos”, explica Valencio.

A recomendação é a mesma que já se faz na manutenção correta de um veículo, na qual ele deve ser trocado toda vez que o óleo for substituído.

Entretanto, devido ao maior risco durante a pandemia de coronavírus, pode ser uma boa ideia fazer essa troca.

Mantenha a janela aberta para evitar coronavírus

Ao utilizar o carro, também é interessante manter as janelas abertas. Isso promove a circulação de ar na cabine, impedindo o acúmulo de micro-organismos.

“Para melhor desempenho do sistema ar-condicionado, é ideal regular o sistema na temperatura mais fria e utilizar a ventoinha interna com menos velocidade, pois os vidros do carro estarão abertos”, completa Valencio.

Ar-condicionado parado durante quarentena do coronavírus


Ar-condicionado do carro pode proliferar coronavírus, assim como outros micro-organismos

Outra preocupação de donos de carro durante a quarentena de coronavírus é deixar o automóvel parado por muito tempo. Nesses casos, pode haver a possibilidade de o ar-condicionado dar defeito.

Contudo, isso só ocorre se o sistema já estiver mal cuidado, explica Valencio. Especialmente se o óleo lubrificante e o fluido refrigerante não forem de qualidade, detalha ele.

“Considerando um período de quarentena haveria uma oxidação nas placas do compressor e válvulas. Certamente, o sistema perderá eficiência”, pontua o coordenador da Delphi.

Nessa situação, segundo ele, sete dias já podem ser suficientes para o ar-condicionado estragar, se houver umidade dentro dele.

Esses defeitos incluem oxidação nas placas do compressor, ressecamento de mangueiras, danos nos dispositivos de expansão, entre outros, segundo o especialista.

Ao contrário, se o ar-condicionado estiver com a manutenção em dia, ele não deve dar defeito, por ser um sistema fechado. Assim, suportaria a quarentena do coronavírus, de acordo com Valencio.

Mantenha o ar-condicionado funcionado

Caso o dono do carro não saiba se o seu ar-condicionado está em boas condições ou não, o especialista dá algumas dicas para garantir que ele não vá pifar durante a pandemia de coronavírus.

“A sugestão é ligar o veículo acionando o ar-condicionado em intervalos de dois a três dias para evitar algum tipo de oxidação nas placas internas dos compressores”, aponta Valencio.

Com isso, ocorrerá a lubrificação do sistema. “Além disso, é importante procurar sempre realizar as manutenções corretas do sistema para evitar problemas”, conclui ele.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Importante:
a) Comentários ofensivos, preconceituosos ou que incitem violência não serão aceitos;
b) Comentários que não digam respeito ao tema da postagem poderão ser excluídos;
c) O comentário não representa a opinião do blog.

A responsabilidade é do autor da mensagem.

É necessário colocar seu NOME e E-MAIL ao fazer um comentário.

Bottom Ad [Post Page]