Youtube

Redação,Via Certa

.
MUDAMOS DE INSTAGRAM! SIGA @VIACERTANATALRN



Após 43 anos, a Central de Abastecimento do Rio Grande do Norte (Ceasa-RN) finalmente terá um sistema de esgotamento sanitário adequado às normas ambientais. A obra do sistema está finalizada, entretanto, faltavam algumas pendências estruturais impossibilitaram a ligação do sistema da Ceasa na rede de esgotamento da Companhia de Águas e Esgotos do RN (Caern), o que foi solucionado. 

A atual administração negociou com a empresa executora da obra, FDOIS Engenharia, que fez as adequações como a instalação da grade no poço de visita, o que possibilitará a Caern fazer a ligação em seu sistema de esgoto.

“Foi encaminhado um ofício a Caern solicitando a vistoria no poço de visita para atestar a adequação e funcionalidade das grades para então ser feita a ligação no sistema de esgotamento sanitário da empresa.”, explica Márcio Valério, coordenador administrativo operacional. 

O sistema de esgotamento sanitário foi uma exigência da 45º Promotoria do Meio Ambiente, que após ação civil pública em 2010, determinou que a Ceasa-RN realizasse a obra, orçada em cerca de R$ 400 mil reais. 

“Na época, foi feito o projeto e executada a obra, porém, a Caern informou da impossibilidade da ligação da rede de esgoto, devido incompatibilidades técnicas do projeto. O que foi resolvido pela atual administração que se empenhou ao máximo para que as pendências fossem solucionadas ”, explica Jonas Dumaresq, advogado contratado.

Após a ligação dos sistemas, a Ceasa-RN iniciará o processo de notificação as lojas permissionárias para que cada loja faça a sua ligação no sistema de esgotamento sanitário seguindo as instruções técnicas necessárias.

“Com muito esforço a administração conseguiu finalizar a obra de esgotamento que irá acabar com vários pontos de vazamentos que temos dentro da Ceasa-RN e cumprir com o compromisso assumido junto à Promotoria. Além disso, está em andamento os projetos de Drenagem e permeabilização do solo que irão eliminar os pontos de alagamentos causados pelas chuvas.”, explica o diretor-presidente, Flávio Morais. 

--
Clique no link e vá direto para o nosso grupo de notícias no WhatsApp: https://bit.ly/3lxTUWE



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Importante:
a) Comentários ofensivos, preconceituosos ou que incitem violência não serão aceitos;
b) Comentários que não digam respeito ao tema da postagem poderão ser excluídos;
c) O comentário não representa a opinião do blog.

A responsabilidade é do autor da mensagem.

É necessário colocar seu NOME e E-MAIL ao fazer um comentário.

Bottom Ad [Post Page]

468x60 - Americanas