Youtube

Redação,Via Certa


Fatores como clima quente e incidência de chuvas, comuns nesse período do ano, são ideias para a proliferação do mosquito Aedes aegypti, responsável pela transmissão de arboviroses urbanas.

A Secretaria de Estado e Saúde Pública (Sesap) do Rio Grande do Norte, através do Programa Estadual da Arboviroses, fez um alerta a população para ajudar a evitar a incidência de Dengue, Zika e Chikungunya.

De acordo com a Sesap, as arboviroses são consideradas um dos principais problemas de saúde pública no mundo. Não há vacina para a prevenção dessas doenças e o combate é feito por meio de ações educativas para evitar o acúmulo de água, que propicia a reprodução do mosquito.

“Essas arboviroses acontecem o ano todo. Mas tem o momento de incidência maior, como nesse período que tem calor e chuva. Então em qualquer lugar que tiver água a fêmea vai colocar seus ovos que duram mais de um ano. Bateu uma água ali, aquele ovo já vai se desenvolver. Então é um momento de realmente estarmos atentos”, alertou Dinara Alves, coordenadora do Programa Estadual da Arboviroses.


De acordo com a coordenadora, os dados relativos ao número de casos de arboviroses no RN nas primeiras semanas de 2022 devem ser divulgados nos próximos dias.

O último boletim epidemiológico divulgado pela Sesap no mês de dezembro, mostra uma redução nos casos de dengue, chikungunya e zika no Rio Grande do Norte em 2021 na comparação com 2020.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Importante:
a) Comentários ofensivos, preconceituosos ou que incitem violência não serão aceitos;
b) Comentários que não digam respeito ao tema da postagem poderão ser excluídos;
c) O comentário não representa a opinião do blog.

A responsabilidade é do autor da mensagem.

É necessário colocar seu NOME e E-MAIL ao fazer um comentário.

Bottom Ad [Post Page]

468x60 - Americanas