Youtube

Redação,Via Certa

Foto: Daniel Herrera

Nesta quinta-feira (23), funcionários da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico (Sedec) deram início à distribuição de máscaras de tecido em filas de agências bancárias, onde a população que busca pelos serviços financeiros presenciais fica exposta à contaminação por covid-19. A ação faz parte da agenda de distribuição dos equipamentos adquiridos pelo programa RN+Protegido, lançado na última semana pelo Governo do RN, para distribuir máscaras produzidas nas oficinas do projeto Pró-Sertão, liderado pela Sedec. As primeiras 200 mil máscaras foram doadas ao programa pela indústria Guararapes e já começam a chegar a diversos públicos através do trabalho conjunto de secretarias e órgãos do Governo.

Desde a sexta-feira passada (17), quando o programa foi lançado, as máscaras têm chegado a diferentes parcelas da sociedade, com prioridade aos grupos de risco e servidores que trabalham com atendimento direto ao público. O presidente da Associação dos Supermercados do RN, Nelson Leiros, recebeu do secretário de desenvolvimento econômico, Jaime Calado, 15 mil unidades. Outras 15 mil foram entregues à Polícia Militar de todo o estado.

Os números são referentes a uma primeira etapa da campanha, tendo em vista a chegada de novas máscaras a cada semana. Os itens estão sendo fabricados em parceria com o Sindicato da Construção Civil (Sinduscon) e da indústria têxtil do RN, em especial Coteminas e Guararapes. Esta última é responsável por coordenar a produção nas 78 oficinas de costura que compõem o Pró-Sertão, garantindo o emprego de 4 mil trabalhadores. Nas oficinas, os funcionários respeitam as normas de higiene e limpeza, mantendo distância entre as máquinas e utilizando máscaras de proteção.

O comitê responsável pela distribuição dos itens, formado pela Controladoria Geral do Estado (Control) e as secretarias de Estado do Desenvolvimento Econômico (Sedec) e do Trabalho, da Habitação e da Ação Social (Sethas), separou 70 mil unidades para serem entregues a prefeituras da região metropolitana e interior do Rio Grande do Norte. Cada município deverá fazer o repasse para a população através de suas secretarias. Nesta primeira etapa, 19 municípios serão contemplados, entre eles Natal (15 mil unidades), Mossoró (15 mil unidades), São Gonçalo do Amarante (8 mil unidades) e Macaíba (5 mil unidades). O número de itens e de municípios será incrementado semanalmente, de acordo com o aumento de produção do RN+Protegido.

Ana Carla, cliente da Caixa Econômica Federal, em Natal, chegou às 8h da manhã na agência ficou e agradecida pela doação. A dona de casa ainda esperava na fila às 10h45, do lado de fora da agência, sem nenhuma proteção. A demora era para receber o auxílio emergencial de R$ 600 anunciado pelo Governo Federal. “Achei ótima essa ação, porque estava precisando muito da máscara. Realmente eu não tinha o dinheiro para comprar, até por isso estou nessa fila”, desabafou. Ao entregar as máscaras, os funcionários orientaram sobre a lavagem e reutilização dos itens.

A Secretaria do Trabalho, da Habitação e da Ação Social (Sethas) também articula a entrega de máscaras em lares de idosos (idosos e cuidadores), albergues noturnos, Unidades de Acolhimento Provisório, Consultórios na Rua (Natal, Mossoró e Parnamirim), Movimento da População de Rua, Albergues e Centros POP, e Centros de Desenvolvimento Social e Comunitário (CEDESC). O PROCON-RN irá fazer entregas em feiras públicas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Importante:
a) Comentários ofensivos, preconceituosos ou que incitem violência não serão aceitos;
b) Comentários que não digam respeito ao tema da postagem poderão ser excluídos;
c) O comentário não representa a opinião do blog.

A responsabilidade é do autor da mensagem.

É necessário colocar seu NOME e E-MAIL ao fazer um comentário.

Bottom Ad [Post Page]