Youtube

Redação,Via Certa

suv compacto

Com o cancelamento do Salão de Genebra, em março, a Toyota deixou de apresentar seu inédito SUV compacto. O modelo, que estava programado para ser a estrela da marca japonesa lá, agora será apresentado virtualmente amanhã (23). O novo SUV será uma opção mais compacta e prática que o C-HR.

Baseado na plataforma modular TNGA-B, o novo SUV compacto usa a mesma base que deu origem a modelos como Corolla e RAV4, citando apenas os vendidos no Brasil. Ela também é a base do Yaris europeu, mais moderno que o nosso. Pela imagem da silhueta e um teaser divulgado, ele será uma espécie de ‘mini RAV4’ em termos de design.

O teaser antecipou que ele terá como opções possíveis no trem de força tração integral e tecnologia híbrida. Isso faz parte dos planos da Toyota, de eletrificar toda sua gama nos próximos dez anos. Entre as opções possíveis de motores a gasolina combinados com o elétrico estão o 2.0 do Corolla e o 1.5 do Yaris europeu.

Novo SUV compacto será feito e vendido no Brasil em 2021

Em setembro de 2019, a Toyota confirmou o investimento de R$ 1 bilhão para produzir um inédito modelo na fábrica de Sorocaba (SP). A planta é a mesma que produz os compactos Etios e Yaris atualmente. Ele é importante na estratégia da marca para o Brasil, já que ela não tem um SUV compacto para brigar no segmento que cresceu 25% nos últimos anos.

Apesar de ter o C-HR e ter considerado a possibilidade de oferecer o crossover aqui, o projeto foi descartado na época. O produto, além de muito caro para vir importado da Europa, seu principal mercado, se fosse produzido aqui teria que sofrer alterações no projeto para aumentar o volume do porta-malas e ser mais competitivo. Isso demandaria um custo não planejado.

No Brasil, o novo SUV deverá ter as mesmas especificações do Corolla. O 2.0 aspirado flexível de até 177 cv e 21,4 mkgf sozinho e o conjunto híbrido, que mescla o 1.8 a combustão de até 101 cv com dois elétricos de 72 cv – a potência combinada é de 122 cv. O torque é de 14,5 mkgf (combustão) e 16,6 mkgf (elétrico). O câmbio é sempre o automático CVT que simula oito marchas.

A plataforma do novo SUV compacto

A base que será utilizada no inédito SUV compacto (TNGA-B) segue a mesma lógica das versões maiores, do Corolla, C-HR, Prius (C) e Camry (GK). Com ela, é possível trabalhar diversos comprimentos e entre-eixos, além de alturas diferentes.

O único ponto fixo da estrutura da plataforma é a posição do sistema de direção. Com a fixação dos pedais em um lugar para todos os produtos desenvolvidos sobre a mesma plataforma. Além disso, os eixos ficam posicionados nas extremidades, o que garante um balanço reduzido e melhor aproveitamento do espaço interno.

Com informações Jornal do Carro. 
suv compacto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Importante:
a) Comentários ofensivos, preconceituosos ou que incitem violência não serão aceitos;
b) Comentários que não digam respeito ao tema da postagem poderão ser excluídos;
c) O comentário não representa a opinião do blog.

A responsabilidade é do autor da mensagem.

É necessário colocar seu NOME e E-MAIL ao fazer um comentário.

Bottom Ad [Post Page]