Youtube

Redação,Via Certa


Na manhã desta quinta-feira (7), durante coletiva de imprensa na Escola de Governo, o secretário de desenvolvimento econômico Jaime Calado anunciou o envio de 450 mil máscaras de proteção aos 167 municípios do Rio Grande do Norte, através do programa RN+Protegido. Os itens já estão a caminho das oito Regionais de Saúde onde estarão disponíveis a partir da próxima sexta-feira, 08, para retirada pelos municípios. Cada um deles será responsável pela distribuição em sua cidade, através de suas secretarias de saúde, de acordo com as respectivas necessidades.

A primeira Regional a receber os itens é a de São José de Mipibu (74,5 mil unidades), seguida pela de Mossoró (45,5 mil unidades), João Câmara (65,5 mil unidades), Caicó (63,5 mil unidades), Santa Cruz (52 mil unidades), Pau dos Ferros (72,5 mil unidades), Natal e região metropolitana (46 mil unidades) e Assu (37,5 mil unidades). A quantidade foi rateada em função do risco de contaminação em cada região e do número de habitantes. 

Estarão disponíveis, na Escola do Governo, as máscaras selecionadas para as entidades de Natal e região metropolitana, a partir desta sexta-feira, das 8h às 19h, e no sábado até às 12h.

O programa RN+Protegido já distribuiu 200 mil máscaras de tecido doadas pela Guararapes, que atua como âncora das 78 oficinas do Pró-Sertão reativadas para a produção dos itens. Para dar prosseguimento à ação, o Governo do Estado adquiriu, a preço de custo, 3 milhões de máscaras, que seguem sendo produzidas pelas oficinas. Toda a matéria-prima foi doada pela Guararapes. 

“É o primeiro contrato, feito através do Governo Cidadão, que com esse recurso paga a mão de obra, e com isso garante mais de 4 mil empregos para nossas costureiras do interior”, explicou o secretário Jaime Calado. Segundo ele, outro contrato deverá ser feito futuramente para atingir a marca de 7 milhões de máscaras.

Foram investidos R$ 1,1 milhão relativos a esta primeira etapa e 900 mil máscaras já foram recebidas pelo Governo do Estado. Deste montante inicial, metade foi destinada aos municípios e a parcela restante seguirá a agenda de distribuição do Estado, contemplando entidades comerciais, sindicatos, associações comunitárias, instituições beneficentes, população em situação de rua e de vulnerabilidade social, comunidades quilombolas e indígenas, projetos sociais, filas de bancos e feiras livres, entre outros públicos selecionados por secretarias e órgãos de governo. Serão cerca de 120 instituições beneficiadas.

O secretário de saúde Cipriano Maia falou da importância do RN+Protegido em vista do aumento da contaminação por covid-19 no estado. Ele destacou que já foram registrados óbitos em todas as regiões e casos confirmados em quase todos os municípios, e por isso “o programa é muito significativo”.

O RN+Protegido é um programa liderado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, com participação da Secretaria de Trabalho, Habitação e Assistência Social (Sethas), e parceria com o Sindicato da Construção Civil (Sinduscon) e da indústria têxtil do RN, em especial Coteminas e Guararapes.

A distribuição é coordenada pela Controladoria Geral do Estado que, dentro das possibilidades, atendeu todas as requisições realizadas por instituições através do e-mail disponibilizado para o programa (rnmaisprotegido@gmail.com).

A lista completa de municípios e entidades contempladas está disponível no Portal da Transparência do Estado (transparencia.rn.gov.br). A consulta também pode ser realizada por contato telefônico, pelo número (84) 3190-0700.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Importante:
a) Comentários ofensivos, preconceituosos ou que incitem violência não serão aceitos;
b) Comentários que não digam respeito ao tema da postagem poderão ser excluídos;
c) O comentário não representa a opinião do blog.

A responsabilidade é do autor da mensagem.

É necessário colocar seu NOME e E-MAIL ao fazer um comentário.

Bottom Ad [Post Page]