Youtube

Redação,Via Certa



As obras do viaduto do gancho começaram na semana passada e com elas seus bloqueios e desvios entraram em vigor.

Numa entrevista exclusiva o superintendente-regional do DNIT Daniel Dantas disse que iria ter uma câmera de vídeo-monitoramento para multar quem furasse o bloqueio. (vídeo abaixo).


Hoje surgiu uma imagem nas redes sociais em que mostra uma câmera de vídeo-monitoramento na Tomaz Landim no trecho em obras, e foi nos indagado se procedia mesmo a fiscalização por câmeras e onde estavam as placas previstas em lei sobre o aviso da fiscalização.

Então a equipe do Via Certa Natal procurou o DNIT e fez algumas perguntas;

- Se conferia a informação de videomonitoramento?

- Se existe a placa alertando sobre o videomonitoramento no trecho?

- E qual infração o condutor que furar o bloqueio será penalizado?


Em nota a assessoria do órgão disse ao Via Certa Natal que o videomonitoramento está em vigor no trecho e mandou uma foto de uma placa mostrando o aviso.

Sobre em qual infração o condutor estaria enquadrado foi informado que é o que rege o Código de Trânsito Brasileiro.

O nosso consultor do portal Hudson Silvestre afirma que a lei para quem furar o bloqueio se comporta da seguinte forma;

Deste modo, como a infração referente ao tráfego nas faixas exclusivas para ônibus compreende uma infração de natureza gravíssima, o valor da multa por transitar nesta faixa é de R$ 293,47.

7 comentários:

  1. Mas a partir de qual horário está liberado no sábado? Até às 17h OK. Mas desde que horas está complicado de adivinhar.

    ResponderExcluir
  2. Ai é um valor isorbitante é um absurdo uma multa nesse valor aonde vai para essa quantia vechamosa da multa aplicada é um roubo um assalto a mão armada .

    ResponderExcluir
  3. Entendo que o poder fiscalizador, deve ter um bom senso e definir um limite de prazo, oara que a população se adeque no novo itinerário, sem sofrer penalidade, sabebos que a obra não está atrapalhando o trânsito naquelle local, a população precisa de mais orientações para se acostumar e entender que realmente a obra começou, como fica o táxi, que é uma concessão pública e é um tranporte que a população usa, sabemos que nesse local tem comércio e os clientes precisam.

    ResponderExcluir
  4. Olá bom dia no entanto na subida do viaduto do igapó existe uma placa informando ônibus e acesso local isso seguinifica que os veículos podem sim ter acesso local o ideal seria fechar completamente o acesso nas imediações da tomaz landin evitando então esses acesso por veículos particulares existe várias vielas entre o viaduto de igapó até o gancho isso no meu vê é acesso local

    ResponderExcluir
  5. Fazem de tudo para tirar dinheiro da população, ao invés de ter viaturas orientando se colocam câmeras bem discretas, se o motorista erra nem tem chance de perguntar nada a ninguém. Quebrar essas merdas, isso sim.

    ResponderExcluir
  6. Poderia abrir numa excessão para os táxis

    ResponderExcluir
  7. É um absurdo,sem aviso brevio,pagamos tanto sem assistência alguma... sangue sugas!!!

    ResponderExcluir

Importante:
a) Comentários ofensivos, preconceituosos ou que incitem violência não serão aceitos;
b) Comentários que não digam respeito ao tema da postagem poderão ser excluídos;
c) O comentário não representa a opinião do blog.

A responsabilidade é do autor da mensagem.

É necessário colocar seu NOME e E-MAIL ao fazer um comentário.

Bottom Ad [Post Page]

468x60 - Americanas