Youtube

Redação,Via Certa


A Ford está conduzindo um teste com uma nova tecnologia para manter o distanciamento social em suas fábricas. O experimento envolve uma dúzia de trabalhadores de uma fábrica da montadora em Plymouth, Estados Unidos, reporta a Bloomberg.

Os voluntários estão usando um dispositivo, parecido com relógios, que vibra quando outra pessoa entra no seu raio de 6 pés, cerca de 1 metro e 82 centímetros. A informação foi dada por Kelli Felker, uma porta-voz da Ford, à Bloomberg. O dispositivo vem para ajudar a evitar a propagação do novo coronavírus.

Os dispositivos usados são smartwatches da Samsung, os quais usam um software da Radiant RDIF, segundo disse uma porta-voz desta empresa à Bloomberg. Os dispositivos utilizam tecnologia Bluetooth e avisam, quase que em tempo real, o trabalhador sobre a aproximação de alguém.


Em reabertura, Ford deve ter novos protocolos de distanciamento

Na reabertura das fábricas da Ford, o dispositivo poderia ser empregado mais amplamente. A montadora norte-americana deve colocar em prática novos protocolos de segurança quando retomar a sua produção.

Segundo a Bloomberg, a Ford também vai, através de uma imagem térmica (scan termal-imaging), detectar se os trabalhadores que entrarem em suas fábricas estão com febre. Felker disse ao jornal norte-americano que a “Ford e o UAW (sindicato dos trabalhadores do segmento) estão trabalhando de perto para identificar diferentes maneiras de manter os nossos funcionários seguros enquanto estão no trabalho”.

A Ford ainda não indicou quando deve retomar a produção.

Com informações Jornal do Carro. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Importante:
a) Comentários ofensivos, preconceituosos ou que incitem violência não serão aceitos;
b) Comentários que não digam respeito ao tema da postagem poderão ser excluídos;
c) O comentário não representa a opinião do blog.

A responsabilidade é do autor da mensagem.

É necessário colocar seu NOME e E-MAIL ao fazer um comentário.

Bottom Ad [Post Page]

468x60 - Americanas