Mulher com síndrome rara espera há 8 anos por uma cirurgia na fila do SUS


A história de Leila,  de 43 anos, não é fácil de ser contada. Ela, que está há oito anos, na fila do SUS por uma cirurgia urgente, já enfrenta complicações sérias de saúde e improvisa cuidados em condições precárias.

Leila, foi diagnosticada com a síndrome de Fournier, uma condição rara e grave que afeta a região genital e perineal. O tratamento adequado requer cirurgia imediata, no entanto, Leila tem sido informada repetidamente pelo SUS para "aguardar na fila", sem uma previsão de quando sua cirurgia será realizada.

Enquanto espera o procedimento, Leila enfrenta dificuldades financeiras para adquirir os suprimentos médicos necessários. Sem recursos para comprar a bolsa de colostomia, Leila tem improvisado com sacos de pão, expondo-se a riscos graves de infecção e complicações adicionais.

Hoje, Leila busca por melhorias em sua condição, a cirurgia é de extrema importância para que ela volte a ter qualidade de vida.



-Redação Via Certa Natal

Importante:
a) Comentários ofensivos, preconceituosos ou que incitem violência não serão aceitos;
b) Comentários que não digam respeito ao tema da postagem poderão ser excluídos;
c) O comentário não representa a opinião do blog.

A responsabilidade é do autor da mensagem.

É necessário colocar seu NOME e E-MAIL ao fazer um comentário.

Postagem Anterior Próxima Postagem

Publicidade

نموذج الاتصال