Youtube

Redação,Via Certa


Limpeza, iluminação, sinalização, trânsito, segurança e ordenação e fiscalização do comércio ambulante foram os principais itens de um documento entregue ao prefeito Álvaro Dias por representantes do segmento hoteleiro de Ponta Negra, tendo à frente a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Rio Grande do Norte (ABIH-RN). A reunião ocorrida na manhã desta sexta-feira (03), no Salão Nobre do Palácio Felipe Camarão, contou também com a presença de diversos secretários municipais. O prefeito recebeu o documento e disse que vai formar uma comissão com um representante de cada secretaria afim, que atua na área da orla de Ponta Negra, para tentar atender às reivindicações do segmento. 

Na ocasião, o prefeito designou o secretário municipal de Turismo, Fernando Fernandes, para coordenar o grupo, que envolve, ainda, as secretarias de Meio Ambiente e Urbanismo, Mobilidade Urbana, Segurança Pública e Defesa Social, Serviços Urbanos, a Guarda Municipal e a Companhia de Serviços Urbanos de Natal (Urbana).

“A comissão integrada que formamos vai discutir detalhadamente as reivindicações apresentadas. Vamos identificar os problemas e procuraremos atender às demandas de vocês”, assinalou Álvaro Dias. De antemão, determinou ao Comandante da Guarda Municipal do Natal, Alberfran Grilo, que a Guarda Municipal reforce as rondas e o efetivo na área da orla de Ponta Negra.

Ele reconheceu problemas na praia, mas fez questão de frisar que a Prefeitura tem se esforçado para melhorar as condições na orla, na faixa de areia e no calçadão, que passará por uma recuperação nos próximos dias: “O calçadão vai melhorar muito o turismo em Ponta Negra”.

Para além do calçadão, o prefeito citou o aporte de R$ 480 mil na divulgação do destino Natal na Holanda, que está rendendo frutos como o voo charter Amsterdã-Natal. Os voos são operados pela Corendon Airlines, empresa de origem turca, mas que atua fortemente no mercado holandês, belga e do Oeste da Alemanha.

Para o presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Rio Grande do Norte (ABIH-RN), José Odécio Júnior, o que falta em Ponta Negra é uma ação mais efetiva que cumpra etapas de forma ordenada. “São problemas corriqueiros em Ponta Negra, que é o caso mais crítico para nós. É necessário haver uma fiscalização permanente em relação ao fluxo de motos no calçadão, como também a manutenção da sinalização da praia e a troca de luminárias antigas por novas. A nossa intenção é de contribuir”, ressaltou o empresário.

O secretário Fernando Fernandes observou que as ações do poder municipal em Ponta Negra precisarão do apoio do segmento turístico, via Associação da Indústria de Hotéis. “Sugiro um compartilhamento de ações entre a Prefeitura e a ABIH. Natal tem 30 mil leitos. Vinte e sete por cento só em Ponta Negra”, ilustrou.

Ainda na reunião, a secretária municipal de Mobilidade Urbana, Elequicina dos Santos, informou que a STTU fez 2.248 notificações de veículos no ano passado, em Ponta Negra, sendo 1.540 somente na avenida Erivan França. No período de 12 de novembro a 28 de dezembro, a STTU intensificou a fiscalização na área e apreendeu 28 veículos, além de ter renovado a sinalização horizontal da orla.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Importante:
a) Comentários ofensivos, preconceituosos ou que incitem violência não serão aceitos;
b) Comentários que não digam respeito ao tema da postagem poderão ser excluídos;
c) O comentário não representa a opinião do blog.

A responsabilidade é do autor da mensagem.

É necessário colocar seu NOME e E-MAIL ao fazer um comentário.

Bottom Ad [Post Page]