Youtube

Redação,Via Certa

Randon anuncia suspensão dos contratos de trabalho e abre programa de demissão voluntária

As Empresas Randon anunciaram a adoção de medidas que preveem a suspensão dos contratos de trabalho e a redução de jornadas e salários a partir de maio para as fábricas localizadas em Caxias do Sul (RS), onde fica a sede da companhia. Em comunicado, a empresa informa que a decisão foi tomada com base na MP 936, que permite a flexibilização dos contratos, e que elas foram aprovadas por meio de convenção coletiva assinada na semana passada com o Sindicato dos Metalúrgicos da região.

A empresa deve apresentar nos próximos dias o planejamento de como essas alternativas serão implementadas. A Randon também anunciou a abertura de um programa de demissão voluntária (PDV) em vigor a partir de 4 de maio. Entre as condições, estão receber um salário a mais, plano de saúde por seis meses e vale-rancho. Da mesma forma, o PDV também só vale para as empresas do grupo que estão em Caxias do Sul.

As Empresas Randon possuem atualmente 11,2 mil funcionários, incluindo suas operações no exterior, dos quais 9,7 mil estão nas unidades do Brasil, sendo que cerca de 8 mil estão nas fábricas localizadas em Caxias do Sul.

Por causa da pandemia, a organização adotou diversas medidas de prevenção, como férias coletivas e individuais, flexibilização de jornada, home office, medição de temperatura dos funcionários nos acessos à empresa, uso de pulverizadores e outros recursos de higienização e montagem de postos de triagem nas unidades para atendimento e esclarecimento de dúvidas.

RETOMADA LENTA

A retomada das Empresas Randon está ocorrendo de forma gradual após os 20 dias de férias coletivas iniciadas em 23 de março por causa da pandemia do novo coronavírus.

As operações voltaram no dia 13 de abril com apenas 25% do total de funcionários. Nas fábricas de Caxias do Sul, as atividades foram reiniciadas na segunda-feira, 27, com 50% do total de trabalhadores e eles estão distribuídos em três turnos.

Segundo a companhia, esses porcentuais respeitam o limite imposto pelo decreto municipal vigente, que regula as atividades econômicas em meio a pandemia. Em plantas localizadas em outras cidades, a retomada também já foi realizada, após os períodos de férias coletivas, e também respeitando as autorizações dos municípios.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Importante:
a) Comentários ofensivos, preconceituosos ou que incitem violência não serão aceitos;
b) Comentários que não digam respeito ao tema da postagem poderão ser excluídos;
c) O comentário não representa a opinião do blog.

A responsabilidade é do autor da mensagem.

É necessário colocar seu NOME e E-MAIL ao fazer um comentário.

Bottom Ad [Post Page]