Youtube

Redação,Via Certa 

china

O governo chinês anunciou a prorrogação de subsídios para veículos movidos a novas energias, como os carros elétricos. O objetivo é tentar ajudar o crescimento do mercado em meio à crise do novo coronavírus (covid-19). Em fevereiro, como noticiou o Estadão, as vendas do setor automotivo na China despencaram 79%.

Em fevereiro, o mercado chinês registrou somente 250 mil unidades vendidas. Mas a expectativa era de que em março o mercado fechasse com 1 milhão de veículos emplacados. Segundo estimativas da Volkswagen, este ano o mercado chinês deve cair de 3 a 15% em relação ao ano passado.

Segundo o jornal South China Morning Post, duas políticas de ajuda atuais, as quais tinham término esperado para este ano, foram estendidas até 2022. Uma delas se refere a um subsídio de até 25 mil yuans, cerca de 18 mil reais, por veículo. Outra política que será prorrogada é a isenção de um imposto de 10% na compra do carro.

Entretanto, as expectativas podem não ser as melhores, como demonstra a entrevista do gerente de vendas da Yiyou Auto Service em Shanghai, Tian Maowei, ao South China Morning Post. Segundo ele, “os consumidores estavam esperando um aumento nos subsídios… isso (extensão) vai ter um impacto limitado no mercado”.
GM prepara montadora chinesa para expansão global

Também na China, a montadora norte-americana General Motors prepara a Wuling para se tornar global, noticia o site Carscoops. A montadora Wuling faz parte da joint-venture SAIC-GM-Wuling Automobile. Foram apresentados três diferentes modelos para serem oferecidos em mercados internacionais.

Fotos vazadas mostram alguns detalhes dos novos carros da montadora chinesa. O Cetus, por exemplo, apresenta uma grande grade frontal e uma entrada de ar mais baixa. Para além disso, estão presentes luzes de LED. Já a grade do Ursa é ainda maior, sendo um carro mais no estilo SUV. Os lançamentos devem ser em 2020 e em 2021, respectivamente.

O Sirius é o modelo que mais chama atenção pelo seu design. O cupê esportivo da Wuling deve chegar aos mercados em 2022.

Com Informações Jornal do Carro. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Importante:
a) Comentários ofensivos, preconceituosos ou que incitem violência não serão aceitos;
b) Comentários que não digam respeito ao tema da postagem poderão ser excluídos;
c) O comentário não representa a opinião do blog.

A responsabilidade é do autor da mensagem.

É necessário colocar seu NOME e E-MAIL ao fazer um comentário.

Bottom Ad [Post Page]

468x60 - Americanas