Youtube

Redação,Via Certa
Por Mário Curcio

Chevrolet Tracker terá empurrão nas vendas a partir do Mercado Livre

A General Motors criou uma loja dentro do Mercado Livre para vender o Chevrolet Tracker. Esse novo campo é tratado como showroom pela montadora, permite que o interessado tenha acesso a detalhes do carro e faça sua reserva com sinal de R$ 1 mil. Nesse momento ele é direcionado à concessionária mais próxima. A finalização da compra ocorre nesse mesmo revendedor, tanto pela escolha da forma de pagamento como utilização ou não do carro usado como entrada.

A nova área dedicada ao SUV Chevrolet entra em operação na segunda quinzena de maio. Foi a alternativa que a montadora encontrou para conectar o consumidor às 500 concessionárias e promover as vendas de seu SUV compacto lançado em 19 de março, bem no momento em que começavam as restrições ao convívio social por causa da Covid-19. O carro gerou número recorde para a GM de 5 milhões de visitas ao site, mas o fechamento de concessionárias e Detrans imposto pela quarentena freou suas vendas, que ficaram abaixo de 1,4 mil unidades em abril. Com a nova loja on-line, a GM espera vender cerca de 100 carros no primeiro mês.

O Mercado Livre é líder em comércio eletrônico no País e vai realizar ações complementares dentro do site para direcionar os internautas ao Tracker: “Vamos capturar usuários interessados e colocá-los dentro do showroom”, afirma o diretor de publicidade do Mercado Livre, Felipe Paranaguá.

“Noventa por cento dos compradores pesquisam on-line antes de visitar uma concessionária”, recorda o executivo.

De acordo com Paranaguá, esta é a primeira vez que uma montadora cria uma loja de carros dentro do Mercado Livre, que está aberto a outros fabricantes que tiverem interesse. As negociações com a GM começaram em 2019. O showroom do Tracker dentro do Mercado Livre é parecido com o site da própria montadora, mas com a vantagem de estar hospedado no site de e-commerce mais acessado. E o comércio eletrônico está cada vez mais incorporado no dia a dia do consumidor.

“Em 2019, 32% das vendas de automóveis zero-quilômetro nasceram das plataformas digitais. Existe um movimento em direção às transações on-line”, afirma o diretor executivo de marketing da GM para a América do Sul, Hermann Mahnke.

Outro dado estatístico revelado pelo executivo da General Motors é que 25% dos compradores potenciais de automóveis começam a ter mais interesse pela aquisição on-line do veículo. A montadora promete alguma vantagem financeira no início da operação do showroom do Mercado Livre, talvez com desconto em tabela ou postergação do pagamento das primeiras parcelas, uma prática adotada por outras montadoras e pela própria GM.

A ação inicial da GM no Mercado Livre se concentra no novo SUV, mas será estendida a outros Chevrolet. Automotive Business produziu no início de maio uma live com especialistas no comércio on-line de veículos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Importante:
a) Comentários ofensivos, preconceituosos ou que incitem violência não serão aceitos;
b) Comentários que não digam respeito ao tema da postagem poderão ser excluídos;
c) O comentário não representa a opinião do blog.

A responsabilidade é do autor da mensagem.

É necessário colocar seu NOME e E-MAIL ao fazer um comentário.

Bottom Ad [Post Page]

468x60 - Americanas