Youtube

 Redação,Via Certa
.
MUDAMOS DE INSTAGRAM! SIGA @VIACERTANATALRN


O recall continua em alta mesmo durante a pandemia. Só no primeiro semestre de 2020, 18 montadoras realizaram 34 campanhas envolvendo 85 modelos. Em julho, houve nove chamamentos envolvendo oito marcas e 18 modelos. Os dados são do app Papa Recall, que alerta se o automóvel teve algum defeito de fabricação.

A tabela abaixo mostra os veículos envolvidos e os problemas detectados.

Modelo – problema

Volkswagen T-Cross (2019 e 2020) – suspensão dianteira

Volvo S60 e XC 60 – cintos de segurança

Toyota Prius (2014 e 2015) – reprogramação no módulo de controle do sistema híbrido

Honda Civic Touring, Accord e HR-V Touring – sistema de combustível

Audi A5 (2018) – gerador de partida

BMW Z4 M40i e Z4 SDrive 30i (2019) – barras de direção

Mercedes-Benz S 560 (2017 e 2018) – bujão de vedação do óleo

Chevrolet Classic e Celta – sistema de airbag

BMW 323Ci, 323i, 328Ci, 328i e 330i (1998 a 2000) – sistema de airbag / ação complementar

O airbag permanece sendo o problema mais recorrente. Desta vez, envolve sete modelos diferentes, sendo dois da Chevrolet e cinco da BMW. No primeiro semestre, o equipamento já havia sido um dos alvos de quatro campanhas chamadas pela montadora alemã. Em 2019, dos 107 recalls realizados, airbag foi alvo de 25.

Todo recall é gratuito. Mesmo que o carro já esteja fora da garantia ou se o proprietário não faz as revisões na rede de concessionárias autorizadas.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Importante:
a) Comentários ofensivos, preconceituosos ou que incitem violência não serão aceitos;
b) Comentários que não digam respeito ao tema da postagem poderão ser excluídos;
c) O comentário não representa a opinião do blog.

A responsabilidade é do autor da mensagem.

É necessário colocar seu NOME e E-MAIL ao fazer um comentário.

Bottom Ad [Post Page]

468x60 - Americanas